O controle de manutenção de frota é um hábito que deve ser adotado pelas empresas, afinal, dentro desse processo, existem estratégias que quando colocadas em prática ajudam a reduzir os custos e trazer mais segurança para o dia a dia de trabalho.

Mas, é comum que muitas empresas não consigam colocar esse controle em prática, e por isso, pensando em te ajudar, trouxemos algumas informações sobre o assunto, porque é importante e como colocar em prática.

Acompanhe!

Controle de manutenção de frota: o que é?

O controle de manutenção de frota está relacionado às manutenções feitas nos veículos, com o objetivo de conservar e aumentar o tempo de vida útil deles.

Com isso, esse controle permite que todas as ações preventivas sejam aplicadas através de processos, etapas, métodos e planejamento, além de utilizar algumas ferramentas para isso.

Esse processo é diferente das manutenções corretivas, que acontecem de maneira não programada, quando uma peça do veículo para de funcionar, por exemplo. Isso, além de trazer gastos mais altos, também prejudica a logística da empresa.

Como fazer o controle de manutenção de frota?

A manutenção da frota deve ser feita para analisar todas as peças, monitorar o tempo entre as revisões feitas, treinar os colaboradores e também separar os veículos por categorias, onde a ordem de prioridade é levada em consideração.

Entenda abaixo como fazer esse controle de forma eficiente:

Separe os veículos por categorias

Antes de tudo, é importante que você identifique e separe os veículos da frota da empresa por categorias, para que a manutenção seja ainda mais organizada.

Para isso, você pode separá-los por modelos, ano em que foram fabricados, quilometragem que possuem, quem são os condutores e as revisões já feitas anteriormente.

Crie uma rotina de manutenção

Um controle de manutenção de frota precisa de rotina, e esse planejamento pode levar em consideração a parte elétrica dos veículos, os freios e todo o sistema, por exemplo.

Além disso, é importante que os veículos sejam inspecionados depois de uma viagem mais longa, além de contar com a data da manutenção anterior. Assim, você consegue criar uma rotina de manutenção eficiente e segura.

Treine os condutores

Os condutores dos veículos, quando bem treinados, conseguem ajudar a cuidar do veículo da melhor maneira possível, além de ser uma ação preventiva.

Esse treinamento também permite que menos acidentes aconteçam, que as peças não sejam desgastadas por mau uso e outros detalhes que prejudicam a frota.

Monitore os veículos

Para conseguir fazer o controle de manutenção de frota é necessário monitorar os veículos de perto. Hoje em dia existem muitas tecnologias que podem te ajudar com isso, enviando informações precisas e em tempo real sobre os carros.

Assim, você consegue ter acesso às informações detalhadas, sabendo se determinado veículo precisa de uma manutenção ou não.

Use a tecnologia ao seu favor

Como dissemos, hoje em dia podemos contar com a tecnologia, e ela pode ser uma grande aliada no controle de manutenção de frota. Isso porque, através de algumas ferramentas, é possível gerenciar todas as manutenções.

Você ainda pode acompanhar de perto os custos envolvidos, quais peças foram trocadas, o intervalo entre as manutenções e muito mais.

Como resultado, você tem uma frota muito mais segura, além de aumentar o tempo de vida útil dos veículos, tendo um bom retorno sobre o investimento.

Conheça o Frota, um Sistema de Gestão de Frotas ideal para gestores de frotas que procuram um sistema intuitivo e eficiente para fazer o melhor controle possível de combustível, pneus, manutenções e documentos.

7 tendências de Gestão de Frotas para 2023

Como Reduzir os Custos da Frota na Empresa?

Como Aumentar a Produtividade da Sua Frota?