A conservação da frota da sua empresa é um indicativo fundamental de que os processos operacionais estão de acordo com os padrões estabelecidos. É essencial contar com regras claras para não haver desperdício e nem o surgimento de gastos imprevistos durante a rotina de trabalho.

Para a maioria das empresas, de fato, cuidar dos veículos é imprescindível para manter a qualidade do serviço prestado, o que impacta até mesmo a percepção que o cliente tem sobre a marca.

No entanto, ainda existem muitas dúvidas sobre as boas práticas. É com isso em mente que criamos este conteúdo exclusivo com 4 dicas de cuidados com veículos da sua empresa que podem fazer a diferença. Confira!

1. Crie políticas claras de uso de veículos

O primeiro passo para garantir o bom cuidado e conservação da sua frota é investir um tempo na elaboração de políticas de uso de veículos. Esse é um documento que deixa claro quando e em quais circunstâncias um automóvel pode ser utilizado pelo colaborador.

Além disso, é preciso deixar claro quais serão os procedimentos em caso de má utilização, como a geração de multas, acidentes, dentre outros.

Isso inclui implementar um sistema para registrar a placa dos veículos e o nome dos condutores que o utilizam em cada horário do dia, facilitando o controle.

2. Treine os seus motoristas periodicamente

Cada veículo é diferente, apesar de eles serem muito parecidos. Fora isso, cada motorista possui os seus próprios vícios e manias na direção, portanto, é fundamental pensar em treinamento para os condutores.

Esse treinamento é baseado na dica anterior. Se o seu manual de boas práticas está preparado, basta separar um tempo para que os colaboradores possam aprendê-lo e colocá-lo em prática.

3. Sempre planeje a utilização dos veículos

Nem todo automóvel é feito para todas as tarefas. Alguns se dão melhor em estrada de chão batido enquanto outros trafegam bem em rodovias. Também, pense no seguinte, se você tivesse que transportar um bolo de três andares, seria com um caminhão, um carro ou uma moto?

Sempre pense nas razões pelas quais os seus colaboradores estão utilizando os veículos, de modo a dimensionar corretamente a sua frota e compreender quais são os melhores trajetos e a maneira mais eficiente de manejar os custos.

4. Realize a manutenção preventiva

Em todas as situações a manutenção preventiva é a chave de ouro para garantir o sucesso na gestão da sua frota.

Deixar para levar os veículos ao mecânico apenas quando há um problema, é uma receita para gerar custos cada vez mais altos, além de prejudicar a vida útil dos automóveis.

Se você não tem tempo de fazer isso, designe um funcionário que o fará em datas pré-estabelecidas, com base nos prazos previstos e divulgados pelas montadoras.

Como você deve ter notado, as dicas mais importantes para cuidar dos veículos da sua empresa estão relacionadas à prevenção. Isso significa se preparar para utilizar os recursos de maneira mais eficiente, estando atento aos cuidados que os seus colaboradores possuem.

Para mais conteúdos exclusivos que podem ajudá-lo nessa tarefa, acesse o nosso site!

Aumento do Diesel: Como Softwares Podem Auxiliar as Transportadoras?

Como fazer o transporte de produtos perecíveis de forma correta

Distribuição e logística: 4 erros que você precisa deixar de cometer