Ter atenção aos cuidados com os pneus da frota se torna algo importante, pois, além de garantir a segurança da equipe, melhora os resultados no dia a dia e ainda garante mais economia.

Afinal, de acordo com pesquisas realizadas, esses gatos com os pneus estão entre os maiores quando se trata de custo operacional, ficando atrás apenas da manutenção dos veículos e combustíveis.

Nesse sentido, é possível notar que essa atenção vai muito além do cuidado, podendo oferecer diversos benefícios para a empresa. Com isso em mente, separamos algumas dicas que vão ajudar nesse quesito. Confira!

1. Se atente a calibragem indicada

O primeiro passo para manter os cuidados com os pneus da frota, é se atentar a calibragem indicada. Esse ponto é importante, pois, quando não é feito de forma correta, o desgaste se torna irregular, fazendo com que o seu tempo de vida útil diminua, além de comprometer a segurança.

Ainda mais, quando os pneus não estão calibrados tendem a exigir um esforço maior do motor, ocasionando mais gasto de combustível. A lei exige que todo automóvel apresente as informações sobre os níveis de calibragem.

Outro ponto fundamental a destacar, é que a carga do automóvel também influencia na calibragem dos pneus, por isso, se a frota costuma carregar produtos mais pesados, é importante prestar atenção nesse quesito e as indicações do fabricante.

2. Monitore o desgaste com o TWI

De forma simplificada, o TWI nada mais é que o indicador de auxílio para monitorar e indicar quando o pneu precisa ser trocado. Essa marcação tende a ficar entre os sulcos, e quando o pneu ainda está em estado de novo, ela fica menor que a borracha.

Assim, com o passar do tempo a marcação passa a ficar da altura dos desenhos da borracha, indicando que o pneu está menor e desgastado devido ao uso. Quando essa ferramenta começa a tocar o chão, significa que alcançou o seu tempo máximo de uso.

 

3. Sempre realizar alinhamento e balanceamento

Realizar essas duas ações também são fundamentais, já que o alinhamento garante que o automóvel não puxe para os lados, o balanceamento assegura que o veículo fique estável e não trepide.

Desta forma, é importante realizar tanto o alinhamento quanto o balanceamento, sempre nas manutenções preventivas. Porém, pode acontecer de precisar desse ajuste antes, devido a situações do dia a dia, como passar em alta velocidade em um buraco.

4. Realizar rodízios

Outra ação que pode auxiliar bastante nos cuidados com os pneus da frota, é investir na técnica de rodízio, quando eles atingirem a metade do tempo de uso. Essa ação permite garantir o desgaste uniforme e aumentar a sua vida útil.

Para realizar essas ações, é essencial se atentar às recomendações dos veículos. Geralmente, os pneus que apresentam menos desgaste é recomendável ficar na parte traseira, sendo um dos melhores meios para garantir a segurança.

Definitivamente, os cuidados com os pneus da frota podem oferecer diversos benefícios, além de economia para a empresa.

 

Como Fazer Rodízio de Pneus Corretamente

Como Reduzir os Custos da Frota na Empresa?

4 Tendências de Tecnologia para o Setor de Logística em 2022