Quando se fala em distribuição de carga em frotas de caminhão, é extremamente importante que tudo seja feito de maneira correta. Quando acontecem erros no processo, além de problemas que possam afetar o desempenho, é possível prejudicar um caminhão e até mesmo causar acidentes.

É necessário que seja feita uma distribuição adequada, com uma divisão igualitária de peso que consiga evitar imprevistos ao longo do percurso. Neste conteúdo explicaremos como fazer uma correta distribuição de carga.

Distribuindo a carga corretamente

Entre os prejuízos causados por uma carga mal distribuída, é possível que o peso da carga afete o veículo diretamente na suspensão, rolamentos de rodas, capacidade de freio e transmissão, desgastando peças e reduzindo a vida útil.

Até mesmo a durabilidade das rodas pode ser afetada, visto que a diferença de peso em cada roda acaba fazendo com que os pneus tenham uma pressão diferente ao rodarem no asfalto.

Os fatores citados podem aumentar gravemente as chances de acidentes. Além disso, no momento da fiscalização, o veículo pode ser retido ou multado por excesso de peso por eixo. Veja abaixo como evitar grandes prejuízos com uma boa distribuição de carga:

 

  • Distribuindo embalagens

Ao realizar a distribuição das embalagens, caso o caminhão seja utilizado para retirada e entrega de produtos como caixas, garrafas, engradados e outros recipientes, é importante realizar uma distribuição entre os cheios e vazios pelos eixos e laterais.

Comece também alocando os produtos que estão no eixo traseiro para frente, avaliando melhor a situação de espaço útil no veículo e evitando que haja instabilidade.

  • Deite os maiores produtos

Produtos como vergalhões, painéis, postes, ripas e outros produtos maiores, eles devem ser transportados na horizontal, de forma centralizada na área entre os eixos. Isso fará com que o peso fique dividido em um maior espaço da carroceria, mas distribuído pelos eixos.

Não se esqueça também de realizar um equilíbrio do peso pelas laterais, com uma quantia equivalente de peso nos bordos ou de maneira centralizada pelo implemento. Cargas mais pesadas são interessantes de serem posicionadas no centro, evitando divergências na distribuição de peso.

  • Evite deixar espaço livre no tanque

Para a distribuição de carga em caminhão-tanque, recomenda-se evitar deixar um espaço livre no reservatório, pois isso fará com que o produto de forma líquida se mova conforme o percurso e altere o centro de gravidade do caminhão.

Garantindo a segurança

Um dos pilares da gestão de frotas está em promover a segurança da frota e garantir com que cada viagem seja bem sucedida sem nenhum tipo de danos ou imprevistos.

A distribuição de carga é crucial para isso, mantendo a segurança nas viagens, evitando o desgaste desnecessário de componentes dos veículos e evitando problemas como multas e apreensões.

Verificar sempre a distribuição de peso em ações de embarque e desembarque garantem com que o peso sempre esteja bem distribuído nas carrocerias. Um ERP para gestão de frotas pode ser uma ótima solução para registrar viagens, manutenções e aprimorar o controle da frota.

Entre em contato conosco e agende uma demonstração!

Descubra como economizar com Combustível e Manutenção em sua frota

[Saiba Mais] Gestão de Máquinas e Equipamentos para Construtoras

Aumento do Diesel: Como Softwares Podem Auxiliar as Transportadoras?