Programa Renovar – Renovação de Frotas Pode Começar em Julho

Publicado em 11 de julho de 2022

Um programa chamado Renovar, apresentado pelo governo federal, visa tirar de circulação veículos como caminhões e ônibus com mais de 30 anos. E o antigo veículo poderá ser usado como “parte do pagamento” na compra de um novo veículo 0-km ou usado.

 

Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Economia, o programa ainda não está publicado oficialmente, motivo pelo qual não houve apresentações do governo sobre o projeto.Mas o presidente da Anfavea, Márcio de Lima Leite, disse em entrevistas que todos estão sendo pressionados a lançar o mesmo o mais rápido.

 

 

Porque a iniciativa?

O programa ajudará, inclusive, na diminuição de acidentes devido a falhas mecânicas e a redução de poluentes. O que tudo indica, é que a iniciativa não será aplicada somente a caminhões, mas também ônibus, onde muitos se encontram em estado precário para condução e transporte de passageiros.

Além de incluso o tempo de uso do veículo (30 anos), o programa visa retirar também àqueles que não atendem as exigências relacionadas a segurança veicular, mesmo que o veículo se apresente em bom estado de aparência.

 

Incentivo

Para que os caminhoneiros sejam incentivados, haverá linhas de crédito com juros reduzidos para aqueles que comprarão novos veículos de transporte.

O projeto se autodenomina bônus caminhoneiro. E para receber esses benefícios citados acima, é usado o caminhão ou ônibus velho como parte do pagamento.

 

 

Desmanche

Segundo pronunciamento da Anfavea, empresas credenciadas poderão estar recebendo esses veículos velhos para estar realizando o desmanche e reciclagem, porém, mais detalhes só serão apresentados junto ao lançamento do Programa Renovar.

O que se sabe é que em torno de R$ 500 milhões serão direcionados ao projeto anualmente.

Esperamos que você tenha gostado desta notícia!

 

Conheça nossa Solução para Gestão de Frotas » 

Fonte: link

Seguro para Frota: Tudo o que Você Precisa Saber
Transporte de Cargas Especiais: Quais Cuidados Devem Ser Tomados?
Os Frequentes Aumentos dos Combustíveis e o Impacto no Setor Logístico