Para quem ainda não sabe, é possível integrar a gestão de estoque juntamente com a gestão de frotas, dessa forma, sua gestão torna-se mais eficaz, afinal, sabemos que o estoque poderá causar sérios prejuízos a uma empresa, em casos graves poderá levar à falência.

 

 

O que é a gestão de estoque e qual é a sua importância?

 

É o melhor método para manter organizado as peças e componentes de reposição para a manutenção ou reparos na frota, assim, sua empresa conseguirá controlar os custos e o tempo que o veículo fica ocioso na garagem, o controle de estoque inteligente também permite facilitar a tomada de decisão.

 

Este procedimento é altamente lucrativo para aquelas empresas que contam com serviço de oficina próprio, ou seja, não dependem de terceiros para fazer uma reposição de peças, por exemplo. Caso haja uma manutenção preventiva ou corretiva, os recursos e materiais estarão disponíveis.

 

 

Estoque versus manutenção de frota

 

Para que o controle de estoque possa trazer os resultados esperados, é necessário planejar o estoque, com este planejamento a empresa tem capacidade para evitar excesso de peças nas prateleiras e desperdício de dinheiro, este é um dos procedimentos mais desafiadores para a logística do Brasil.

 

Se há muitos veículos em manutenção, isso poderá impactar diretamente no fluxo de operação e nos lucros, se você é gestor de frotas deve saber bem que a gestão de estoque caminha lado a lado com os planos de manutenção de frota.

 

A empresa deve estabelecer um plano de trabalho, que permite detectar quais são os itens necessários para a reposição, através desse plano as empresas criam um cronograma que poderá ser trimestral, semestral ou anual, assim, podemos obter margem para possíveis imprevistos.

 

 

Quais os métodos para gerenciar o estoque?

 

Os métodos disponíveis atualmente para este tipo de gerenciamento, ajudam a evitar problemas como: “Excesso de estoque, estoque insuficiente, erro na programação das manutenções”, para evitar esses problemas, procure utilizar ao menos um dos métodos que mostraremos abaixo:

 

Curva ABC

Esta curva deve levar em consideração o giro, faturamento e a lucratividade, onde os tipos A, B e C, definem as peças e os valores de cada item conforme sua prioridade.

 

Just in Time

Neste método, a meta mais importante é auxiliar na diminuição de custos, já que podemos manter o estoque no nível mínimo, para não ter problemas com falta de estoque, é necessário fazer um bom acompanhamento e contratar somente bons fornecedores.

 

PEPS: Primeiro a entrar, primeiro a sair

Para garantir o equilíbrio, primeiro a empresa deverá utilizar as peças mais antigas, dessa maneira, os itens com datas de validade não se tornam ultrapassados.

 

UEPS: Último a entrar, primeiro a sair

Aqui, é possível utilizar o produto mais recente, se houver itens com data de validade, esta regra deve ser ignorada, este método ajuda a não esquecer nenhum produto que está na prateleira.

 

Custo médio ou Média Ponderada Móvel

É indicado quando há renovação de estoque, deve ser realizado o cálculo da média ponderada, apenas utilize este método quando os produtos não sofrem variações.

 

 

Cuidados para tomar com o estoque

 

Além de escolher um bom sistema que permita a gestão de estoque, é necessário ficar atento a alguns detalhes, principalmente quando existem produtos com datas de validade, veja quais cuidados são estes a seguir:

 

Utilize um sistema informatizado

É fundamental anotar todos os itens que entram e saem de sua empresa, através de um sistema completo como ERP e CRM isso é possível, apenas com uma boa gestão, há possibilidade das empresas diminuírem falhas.

 

Considere trabalhar com estoque reduzido

Se o estoque é pequeno, o gerenciamento torna-se mais simples, esta metodologia surgiu após o Toyotismo, ao trabalhar dessa forma, o setor apenas realizará uma compra quando for necessário.

 

Descrições devem ser padronizadas 

Caso a empresa trabalhe com mais de um tipo de item, a padronização se faz necessária, a fica de controle de produtos precisa trazer informações esclarecedoras, com uma ficha corretamente preenchida, não há necessidade de ir até a prateleira para conferir as informações.

 

Para que não haja danos financeiros, procure fazer uma atualização no sistema de sua empresa diariamente, assim, é possível detectar produtos que estão próximos do vencimento e outros problemas relacionados ao estoque.

 

 

Frota Certa – Software completo para gestão de estoque e manutenção de frota!

 

O FROTA CERTA é um poderosos software de gestão com módulos eficientes que garantem maior eficácia na sua gestão de seu estoque como:

 

  • Controle de combustível;
  • Controle de pneus;
  • Controle de manutenções;
  • Controle de documentos;
  • Controle de fretamento de viagens;
  • Módulo de locação de veículos, etc.

 

Gostou? Baixe já o Frota Certa e confira todos os módulos e benefícios que ele pode oferecer à sua empresa!

[Saiba Mais] Gestão de Máquinas e Equipamentos para Construtoras

O que é TEF? Saiba como utilizar em sua loja

Checklist de veículos: Passo a passo para otimizar sua gestão de frotas