Nos últimos anos, a preocupação com os rastros deixados pela atividade humana no meio ambiente tem levantado discussões a respeito do que pode ou não ser mantido. E em se tratando de transporte terrestre, a queima de combustíveis tende a ser uma inimiga do desenvolvimento sustentável.

Com isso, cada vez mais gestores e empresários têm buscado compreender as práticas ESG como forma de adequar suas frotas a essa nova realidade empresarial.

O que é ESG?

A sigla ESG faz referência a Environmental, Social and Governance, em português, Ambiental, Social e Governança. Esse conceito traz às organizações a responsabilidade de seguir determinados padrões que a tornem:

  • Ambientalmente responsável e não prejudicial ao meio ambiente através de eletrificação das frotas;
  • Socialmente atuante, combatendo a discriminação e promovendo ações positivas na comunidade em que está inserida;
  • Governança através de gestão responsável e aprimorada.

Esses são apenas alguns exemplos de práticas que transformam a rotina operacional de organizações que desejam sobreviver a longo prazo no meio empresarial.

Qual a importância das estratégias ESG para gestão de frotas?

Uso eficiente de combustíveis

A troca do diesel e da gasolina por biocombustíveis ou biometano são alternativas que fazem parte das práticas ambientalmente sustentáveis de ESG. Ao utilizar combustíveis menos poluentes, ou partindo de uma vez para os carros elétricos, a responsável pela frota a torna mais sustentável e menos prejudicial ao meio ambiente.

Com isso, a frota se torna exemplo de sustentabilidade e a empresa uma referência em transporte consciente com reduzido impacto ambiental.

Reputação empresarial

Pesquisas já demonstram que cerca de 84% dos consumidores indicam a sustentabilidade ambiental como um fator importante na escolha da marca da qual pretendem consumir. O público também está disposto a pagar mais por produtos sustentáveis.

Esses são números que tendem a crescer, e que demonstram a necessidade de as empresas se manterem atualizadas para continuarem a ser igualmente atraentes aos olhos do consumidor.

Com frotas mais modernas e ecológicas, mais investimentos também tendem a surgir.

Inovação tecnológica

A tecnologia trabalha a favor do gestor de frotas que deseja aplicar as práticas ESG em seu dia a dia. Essa evolução se manifesta através do uso de softwares de gestão de frotas, que reduzem o uso de papel e que auxiliam no controle de:

  • Combustível (bombas, abastecimentos, volume de combustível utilizado, etc)
  • Pneus (recapagens, localização no almoxarifado, vida útil, entre outros)
  • Documentos (IPVA, seguros, CNH dos motoristas, multas)
  • Manutenções

Retenção de talentos

Para maior retenção de talentos, as práticas ESG estimulam o estabelecimento de um ambiente de trabalho saudável e acolhedor, que estimule a diversidade e o respeito dos direitos humanos.

O colaborador satisfeito com o ambiente de trabalho apresenta maior produtividade. E, para isso, salário justo e cumprimento dos direitos trabalhistas também são fundamentais.

Como dar o primeiro passo em direção a uma frota sustentável?

Em alguns casos, a troca completa da frota é inviável, mas é possível começar aos poucos com a:

  • Reciclagem de veículos administrativos;
  • Eliminação do uso de papéis na gestão através de softwares de gestão de frotas;
  • Uso de biocombustíveis.

Essas são mudanças que tomam tempo e exigem planejamento.

Aproveite para começar hoje essa mudança com o Sistema de gestão Frota Certa. Agende uma demonstração grátis agora mesmo!

7 dicas de Controle de Pneus para a sua frota

Como aumentar a produtividade do Gestor de Frotas: Dicas e Estratégias

7 benefícios de um Sistema de Gestão de Frotas